terça-feira, 8 de novembro de 2011

Índia - Missionário Bruno Campelo












A Graça e a Paz do Senhor Jesus a todos!
Amados irmãos em Cristo, como estou feliz na Índia, cada dia me adaptando, sinto vontade de ficar aqui, de tanto que estou amando, poder participar do cumprimento do “Ide” aos povos não alcançados, estar caminhando com o Pai. No ultimo 27 de agosto, completei meus 5 anos de vida no Senhor, que benção, 5 anos de novidade de Vida, quero agradecer cada líder e irmão que passou na minha vida, desde a minha igreja local em 7 lagoas, passando pela Jocum Brasil, muitos fizeram parte dessa historia, discipulando, ensinando, ajudando, repreendendo, alguns quase batendo rsrsrs, aleluia, Obrigado por Tudo!
Em um domingo passado tive a oportunidade de ver uma pequena congregação em uma vila, vendo Deus operando através de pastores indianos que tenho o privilegio de trabalhar juno. A Igreja em lugar super quente e apertado, homens numa sala muito escura separado das mulheres, no final da palavra todos vieram pedir oração individualmente, veio 1 homem, onde fui muito tocado, e comecei a chorar escondido e o abracei, sentindo a tristeza dele de ser cego, muitos com problemas de saúde e na família, só o Senhor para trazer cura a tempo e modo certo! Fotos em Anexo
Hoje iremos voltar o trabalho nas aldeias, pois a temporada de chuva esta acabando, orem por nós, estarei indo somente com nosso Amado Pastor Indiano, para levar a palavra de Deus nas trevas, tudo isso pelo poder de Deus, Graça sobre o Trabalho! Orem por nos muito mais agora, serão perto de 40 novas aldeias, que desafio tremendo, depois mando noticias.

Orem pela minha família, uma irma foi batizada no mês passado, a outra Deus esta trabalhando e deve também batizar, para crescerem em Cristo, depois que obedeci a Deus saindo de casa, e deixando minha família para traz, tudo melhorou muito, em todas a áreas, eu costumo dizer, " foi a melhor coisa eu ter deixado a família, em obediência ao Senhor", a paz da obediência caiu e flui hoje na minha família, aleluia.

Obrigado
Bruno Campelo

Nenhum comentário:

Postar um comentário